Café: Custo de produção tem sido desafio para o produtor brasileiro nos últimos anos

Publicado em 09/11/2018 16:24
501 exibições
Programa Café + Forte da Faemg (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) auxilia produtores no gerenciamento dos custos na lavoura. Preços de venda nos últimos anos não têm conseguido cobrir investimentos no campo.
Ana Carolina Gomes - Coordenadora do Programa Café + Forte

Podcast

Café: Custo de produção tem sido desafio para o produtor brasileiro nos últimos anos

Download

 

Tags:

1 comentário

  • irmaoschiavon Bueno Brandão - MG

    com este preço de café, mão de obra escassa, aumento dos insumos, dificuldade de mecanização nas áreas montanhosas ; os filhos dos produtores rurais estão abandonando o campo a procura de trabalho melhor na cidade. O produtor já velho e cansado abandona as lavouras. Quando os governantes acordarem, será tarde.

    0
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Nao se entregue, irrigue imitando os israelenses que o fazem com poca agua, colha com derriçadeira que custa pouco e rende muito--

      0
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Sr SCHIAVON, o segredo da beleza da vida e' ter sempre um sonho para alcançar...

      0
    • carlo meloni sao paulo - SP

      Sr SCHIAVON, eu vi dona Lucia reclamar do preço do adubo... -Plante amendoim rasteiro que fornece nitrogenio e abafa as graminhas---A adubaçao de fosforo e potassio fica mais barata---Para o fosforo use farinha de ossos que dura mais--

      0
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      A "força de trabalho" deixou de ser física, atualmente ela é intelectual e, o trabalho é realizado pelo capital, no caso as máquinas. Onde isso não é possível, a atividade simplesmente deixa de ser praticada nessa região, mudando-se para outra região. Segundo muitos dizem, é o progresso. Não vou estar aqui para ver, mas a velocidade com que as mudanças vão ocorrer com essas novas tecnologias da Inteligência Artificial (IA), não vai ficar "pedra sobre pedra". Para ser sincero, já me sinto um verdadeiro "dinossauro", ou seja, estou extinto na atual conjuntura e, não adianta espernear, gritar, pois, você está extinto, já não existe mais e, como tal, não tem voz, sombra e, qualquer coisa que valha.

      1