Mercado do café em NY pode continuar trajetória altista acompanhando oscilações do dólar

Publicado em 31/01/2019 15:57 e atualizado em 31/01/2019 17:12
494 exibições
Nesta quinta-feira (31), as cotações do arábica na Bolsa de Nova York sobem forte e testam máximas em 106,20 cents/lb. Mercado pode deixar pra trás mínimas dos últimos dias ainda de olho no dólar, mas condição das lavouras no Brasil segue no radar. Em Londres, robusta está focado na colheita finalizada do Vietnã.
Rodrigo Costa - Diretor de Trading

Podcast

Entrevista com Rodrigo Costa - Diretor de Trading sobre o Mercado de Café

Download

LOGO nalogo

Nesta quinta-feira (31), o mercado do café trabalha em alta. Para saber mais sobre esta movimentação, o Notícias Agrícolas conversou com Rodrigo Costa, diretor de trading e analista em Nova Iorque (EUA).

Ele destaca que o mercado reflete a fraqueza do real e o fortalecimento do dólar norte-americano. O dólar, assim, deve ser o agente que vai modificar as cotações nos próximos dias.

Existe ainda a questão climática, com chuvas abaixo da média, o que também opera para novas altas nesse cenário.

Costa ressalta que não é improvável, mas que existe uma percepção de que o estoque de café no Brasil é grande, o que acaba segurando um pouco as movimentações.

Por sua vez, as vendas da Colômbia e da América Central estão retidas, já que as safras acabaram de ser colhidas e os produtores devem aproveitar o momento de alta dos preços.

 

Por Jhonatas Simião e Izadora Pimenta
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário