Temperaturas recuam até 12 graus no Sul do país e parte do Sudeste a partir de quarta (08); risco de geada só nas serras do Sul

Publicado em 06/04/2020 12:21 e atualizado em 06/04/2020 14:34 2359 exibições
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet
Chuvas devem se intensificar em boa parte do Matopiba a partir da próxima sexta-feira (10)

Podcast

Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre com Tempo

Download

LOGO nalogo

A formação de uma nova frente fria entre a Argentina e o Uruguai, levará mais condições de chuvas para o sul do Brasil nas próximas 24 horas. Segundo Olívio Bahia, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), mais uma vez o sistema passará de forma muito rápida pela região e além de possibilidade de volumes mais expressivos, também podem acontecer quedas expressivas nas temperaturas, com possibilidade de geadas para a região das serras no Rio Grande do Sul.

De acordo com o modelo Cosmo do Inmet, entre esta segunda e terça-feira (6) os três estados da região sul devem receber chuvas. Os modelos apontam ainda que no Rio Grande do Sul as chuvas mais expressivas devem ficar no oeste e norte do estado, com precipitação entre 20 e 40 milímetros. Já em Santa Catarina a chuva deve atingir todo o estado, com os mesmos volumes esperados. No Paraná são esperados os maiores acumulados para o sul do estado, com até 40 milímetros de precipitação.

A passagem da frente fria também será positiva para a formação de chuvas para o Mato Grosso do Sul nas próximas 24 horas. Nesta região as chuvas devem ser mais expressivas no sul do estado e os modelos apontam chuvas de até 40 milímetros. A previsão também indica chuvas para as demais regiões do estado, porém com volumes mais baixos. Na quarta-feira as condições de chuvas mais volumosas deve atingir também a região central do MS. 

Segundo Francisco de Assis Dinizi, meteorologista do Inmet, já na região do Matopiba as chuvas mais volumosas devem acontecer a partir da próxima sexta-feira (10). Há possibilidade de chuvas para essa região nos próximos dias, mas em volumes mais baixos quando comparadas com as chuvas de março. Ainda de acordo com o meteorologista chuvas mais expressivas podem acontecer de maneira pontuais devido ao forte calor e umidade relativa do ar. 

Veja a previsão de precipitação para as próximas 93 horas em todo o Brasil: 

93 horas
 

Por:
Aleksander Horta e Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário