Chuvas no Sul depois do dia 1.o, e estiagem avança sobre o Brasil Central, prevê o Inmet

Publicado em 24/04/2020 13:44 e atualizado em 24/04/2020 16:46 5285 exibições
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet
Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre a Previsão do Tempo

Podcast

Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre a Previsão do Tempo

Download

LOGO nalogo

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) as chuvas na região Sul do país deve aconteer a partir do dia 1º de maio. Além da volta das chuvas, o Inmet prevê ainda que o período de estiagem avança para o Brasl Central. Nos últimos cinco dias, os volumes mais expressivos foram registradas no norte do país.

De acordo com os modelos do Inmet, no norte do Maranhão foram registradas chuvas acima de 200 mm. Ainda no Matopiba, também foram registradas chuvas volumosas para o Tocantins, onde a colheita da soja está comprometida desde o último sábado por conta do excesso de chuvas.  Francisco Assis Diniz, meteorologist do Inmet, afirma que na próxima semana podem registrados novos acumulados expressivos no Matopiba. Na Paraíba, os volumes também chamaram atenção, ficando acima de 200 mm.

Veja o mapa de precipitação acumulada dos últimos cinco dias em todo o Brasil:

Acumulados de chuvas - Inmet - 24/04
Fonte: Inmet 

As imagens de satélite desta sexta-feira (24) indicavam que ainda há condição de chuvas para o Matopiba, aumentando as condições de chuvas no período da noite. Apontam ainda que o norte do Mato Grosso também pode ter chuvas significativas entre esta sexta-feira e próximo sábado (25).  

As previsões do NOAA também indicam que a estiagem para as regiões do Brasil-Central no período de 24 de abril e 2 de maio. Além disso, Francisco destaca que os mapas apontam chuvas para a região sul neste final de semana, mas ainda com volumes considerados baixos. 

"Já começa a diminuir as chuvas no sul do Maranhão e do Piauí, além da parte sul do Tocantins e Bahia", afirma o meteorologista.  Ainda segundo o NOAA, a partir do dia 2 de maio os volumes devem ficar mais expressivos neste período, com acumulados previstos acima de 60 milímetros para toda a região sul do Brasil. 

Veja o mapa de previsão estendida para todo o Brasil: 

NOAA - 24/04
Fonte: Inmet 
 


 

Por:
João Batista Olivi e Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário