Mapa mostra que chegada do inverno (dia 20) será com estiagem em grande parte do país e temperaturas mais elevadas

Publicado em 15/06/2020 12:32 e atualizado em 15/06/2020 16:22 7786 exibições
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet
Ao longo desta semana o predomínio de uma massa de ar frio sobre grande parte do país deve manter as temperaturas de amenas a baixas

Podcast

Entrevista Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre a Previsão do Tempo

Download

LOGO nalogo

O inverno começa oficialmente no próximo sábado, dia 20 de junho e até o momento, os modelos meteorológicos do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indica que a chegada da nova estação será com estiagem para grande parte do país e com temperaturas mais elevadas. Além disso, o Inmet já monitora a chegada de uma massa de ar frio mais intenso a partir do dia 25 de junho.

Para essa semana, Francisco de Assis Diniz - meteorologista do Inmet, afirma que a condição climática será de temperaturas amenas para as regiões sudeste e sul do Brasil, onde um ar frio segue predominante. "Temperaturas relativamente consideradas nem dentro da condição de frio ou quente. A gente vai ter uma entrada de Inverno sem frio no Brasil", comenta. 

Neste começo de semana, ainda estão previstas chuvas para o Rio Grande do Sul. Segundo o modelo Cosmo do Inmet, o sistema fica concentrado no centro do estado, com previsão de volumes entre 20 e 30 milímetros de precipitação. A tendência, segundo os modelos meteorológicos, é de que as chuvas persistam nesta região até quarta-feira (17). Após esse período, todo o sul do Brasil deverá passar por período sem chuvas. 

Francisco destaca ainda que na quinta-feira (18), uma nova frente fria deve avançar para o Rio Grande do Sul, mas passando de maneira rápida pela região e se deslocando para o oceano. "Esse sistema que fica persistindo e deixando as temperaturas mais baixas na região Sudeste", destaca. 

Veja a previsão completa no vídeo acima

Por:
Aleksander Horta e Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário