Mudanças na atmosfera já possibilitam formação de corredor de umidade e avanço das frentes frias pelo continente

Publicado em 10/08/2020 12:36 e atualizado em 10/08/2020 15:48 5184 exibições
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet
Chuvas já começam nesta quarta-feira (12) no RS

 

Podcast

Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre a Previsão do Tempo

Download

 

 

LOGO nalogo

As previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para os próximos dias continuam indicando a volta das chuvas para a região sul do Brasil nesta semana. Segundo Francisco de Assis Diniz, meteorologista do Inmet, a formação de um novo sistema deve acontecer entre terça e quarta-feira (12). 

Os volumes mais expressivos, segundo o modelo Cosmo do Inmet, devem começar acontecer a partir de quarta-feira (12), com chuvas na região central do Rio Grande do Sul com precipitação entre 20 e 30 mm. A tendência é que ao longo da quarta-feira, os volumes fiquem mais intensos nessa área (com até 60 mm) e avance também para o norte do estado.

As previsões indicam que as chuvas também chegam para Santa Catarina e Paraná. Os modelos apontam que em Santa Catarina, as chuvas também devem ser volumosas, entre 20 e 30 mm e atingir todo o estado a partir de sexta-feira (14).  A tendência é que chova também no Paraná, com precipitação entre 20 e 30 mm. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 1008
Fonte: Inmet 

Ainda de acordo com Francisco, a tendência é que a chuva chegue também para São Paulo e Mato Grosso do Sul. O Cosmo aponta que na sexta-feira, dia 14, as condições devem avançar para os dois estados. "Já começa pegando também o sul e sudeste de São Paulo e vai persistindo o deslocamento para norte", comenta.  

O que chama atenção nas previsões mais recentes, é a formação de um novo corredor de umidade pelo país. "Isso é bom porque faz com que tenha mais formação de nuvens e formação de mais chuvas", afirma Francisco. A expectativa de Francisco é que as chuvas avancem ainda mais ao norte do país. Vale lembrar que áreas do Brasil Central já registram mais de dois meses sem chuvas. 

As previsões mostram ainda que o novo sistema pode atingir o sul do Goiás e sudoeste do Mato Grosso, além de Minas Gerais. "Além de pegar todo São Paulo, mas isso ainda no início da próxima semana", destaca. Francisco reforça mais uma vez, que as chuvas ainda não significam o retorno da estação chuvosa para a região central do país. 

Veja o mapa de precipitação acumulada nos útimos 30 dias: 

Últimos 30 dias - Inmet
Fonte: Inmet 

 

 

Por:
Aleksander Horta
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário