Atenção produtores!!! Preparem as máquinas, a temporada de chuvas vai começar, garante o Inmet

Publicado em 02/10/2020 12:31 e atualizado em 03/10/2020 09:22 43035 exibições
Mamedes Luiz Melo - Meteorologista do Inmet
Previsões mostram chuvas generalizadas e em bons volumes para toda a região central do país

Podcast

Entrevista com Mamedes Luiz Melo - Meteorologista do Inmet sobre a Previsão do Tempo

Download

LOGO nalogo
 

As previsões mais recentes do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam um cenário otimista e com chuvas previstas para acontecer a partir do dia 10 de outubro no Brasil Central. "Abriu um sinal verde e dia 10 isso deve estar se concretizando, tudo indica que essa tendência deve se confirmar", afirma Mamades Luiz Melo, meteorologista do Inmet em entrevista ao Notícias Agrícolas. 

O meteorologista do Inmet destaca que uma nova frente deve se formar pelo sul do Brasil, que é o sistema que deve influenciar as áreas de instabilidade e aumentar as condições de chuvas para o Brasil Central. "É essa frente fria que vai chegar com vontade, organizar essa nebulosidade e então vai vir aquelas chuvas tão esperadas", comenta. 

Os modelos indicam chuvas a partir do dia 11 no Sudeste do Brasil e uma abragência mais signifitiva a partir do dia 12 também para o Centro-Oeste. "Isso é uma tendência que está sendo positiva porque há mais de uma semana vem indicando essas chuvas e aumentando os volumes em algumas áreas", destacou.

Para os próximos dias, as atenções continuam voltadas para onda de calor intenso em atuação no Brasil desde o início desta semana. O Inmet mantém os alertas de calor intenso e baixa umidade relativa do ar para boa parte do Brasil Central. Mamedes destaca que o leste da região Sul e Sudeste podem ter um declínio nas temperaturas nos próximos dias, devido a passagem de uma frente fria, mas que as temperaturas voltam a ficar elevadas na semana que vem. 

Para esta sexta-feira, o alerta vermelho de baixa umidade relativa do ar é válido para Goiás e áreas do Mato Grosso do Sul. "Umidade relativa do ar abaixo de 12%. Grande risco de incêndios florestais e à saúde (doenças pulmonares, dores de cabeça e etc)", destaca o comunicado. Já os alertas de calor são válidos para todo o Centro-Oeste e áreas do Sudeste. 

O mapa de previsão de temperatura indica que novas ondas de calor na casa dos 40 graus podem acontecer nas próximas 24 horas. O Mato Grosso do Sul continua com previsão de temperatura entre 40ºC e 42ºC em todas áreas do estado, previsão de temperatura que também é válida para áreas no estado de Goiás. As demais regiões do Centro-Oeste tem previsão de temperatura entre 34 e 36 graus. 

Veja o mapa de previsão de temperatura no final de semana: 

Temperaturas - Inmet - 0210

Fonte: Inmet 

Plantio de soja em Mato Grosso avança pouco e segue com atraso por falta de chuvas

LOGO REUTERS

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de soja 2020/21 em Mato Grosso, maior Estado produtor do Brasil, atingiu 1,70% da área estimada, informou nesta sexta-feira o Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), com um avanço fraco no comparativo semanal e atraso em relação a ciclos anteriores devido ao tempo seco.

No ano passado, 6,65% das áreas haviam sido semeadas até o dia 4 de outubro. Comparado aos últimos cinco anos, o atraso é ainda maior, considerada a média de 9,59% para o período.

Na semana anterior, quando a semeadura estava em 0,75% no Estado, o superintendente do Imea, Daniel Latorraca, já havia indicado à Reuters que o cenário era difícil devido à falta de chuvas.

Por:
Aleksander Horta e Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário