DA REDAÇÃO: Aumento na oferta de animais e consumo desaquecido pressionaram o mercado nesta seaman

Publicado em 09/12/2011 13:26 e atualizado em 09/12/2011 15:05 610 exibições
Boi Gordo: aumento na oferta de animais e consumo desaquecido faz frigoríficos testarem preços mais baixos para o mercado durante toda a semana. Demanda por cortes nobres da carne pode sustentar preços até a virada do ano.
O aumento na oferta de animais e consumo desaquecido impulsionaram os frigoríficos a testarem preços mais baixos para o mercado durante toda a semana.

De acordo com o analista da Icap Corretora, Élio Micheloni, algumas unidades frigoríficas ainda possuem bois próprios e boi de parceiros, o que confirma o aumento da oferta e consequente pressão negativa para os preços. De acordo com ele, tais indústrias ainda estão praticamente fora do mercado e destinam apenas 10% de suas escalas a serem preenchidas com animais comprados.

Micheloni conta também que houve um aumento da oferta de fêmeas  nos últimos dias. Segundo ele, a vaca na entressafra já está mais pronta para receber peso. "Assim que começam a sair os pastos elas tem um ganho de peso muito rápido. O volume é que surpreendeu, saiu bem acima do que a gente imaginava", comenta.

Para os próximos dias, o mercado deverá operar diretamente atrelado ao comportamento da demanda, que ainda é o maior fator de pressão atualmente. Se o consumo por cortes nobres da carne se confirmar nos próximos dias, os preços podem ficar mais sustentados até a virada do ano.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário