DA REDAÇÃO: Semana inicia com continuidade da pressão negativa sob os preços da arroba do boi

Publicado em 12/12/2011 13:20 e atualizado em 12/12/2011 15:47 377 exibições
Boi Gordo: a demanda que continua enfraquecida, junto com o aumento gradual da oferta de animais, pressiona mais o mercado nesta segunda-feira. Consumidores perdem o apetite pelas compras de final de ano com a alta no preço das peças de carne bovina.
Nova semana se inicia e o movimento de pressão baixista continua no mercado do boi gordo. O aumento da oferta de animais apresentou leve aumento no último mês, sendo este uns dos motivos que tiram a sustentação do mercado hoje.

De acordo com a analista de mercado da Bigma Consultoria, Lygia Pimentel, as condições atuais das pastagens ainda não são ideais para a criação do gado, o que acaba obrigando os pecuaristas a escoarem sua produção. "Tem muita gente vendendo boi magro porque não consegue engordar o boi", comenta.

Além do aumento de oferta, a demanda desaquecida também é forte fator de pressão. Boa parte dos consumidores estão perdendo o apetite pelas compras de final de ano com a alta no preço das peças de carne bovina.

No mês de novembro, dados indicaram que o ímpeto de consumo da população estava elevado. O crescimento de quase 5% das vendas de papelão ondulado no Brasil no mês passado, por exemplo, refletia uma tendência altista para a demanda. "E agora em dezembro a gente não vê tão evidente, a gente vê uma situação um pouco mais complicada", afirma.

No curto prazo, a analista não acredita em recuperação expressiva para os referencias da arroba. Para Pimentel, o mercado já começa a entrar em clima de safra nos próximos meses, o que pode deixar o mercado pouco mais sensível.

Por:
Ana Paula Pereira e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário