DA REDAÇÃO: Soja opera em alta com especulação sobre clima seco na América do Sul

Publicado em 13/12/2011 14:02 e atualizado em 13/12/2011 15:39 369 exibições
Grãos: mercados iniciam sessão diurna em alta nesta terça-feira em Chicago. Especulação sobre clima seco em regiões produtoras da safra 2011/12 na América do Sul dão suporte aos preços, mas financeiro ainda exerce pressão negativa aos mercados.
Com a possibilidade de quebra de safra das lavouras da Argentina, Paraguai e região Sul do Brasil, devido às condições climáticas que têm induzido falta de chuvas, as cotações da soja registraram alta nesta terça-feira, na Bolsa de Chicago.  

De acordo com Steve Cachia, analista da Cerealpar, tal elevação dos preços é fruto de especulação, já que os produtores ainda não sentem perdas na produção. Esse cenário contrasta com a pressão negativa do mercado financeiro mundial, que estaria “limitando uma tentativa de alta maior”, explica o analista.

Apesar dos fundamentos, o fator que continua sendo efetivamente relevante é a crise financeira global advinda dos países da Zona do Euro. Por conseqüência, na opinião do analista, o mercado não deve reagir tão cedo, pois “a situação econômica está longe de se resolver”, prevê. Somente quando começarem os sinais de melhora, os fundamentos e a demanda forte podem influenciar positivamente os preços da oleaginosa.

Por:
Ana Paula Pereira e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário