DA REDAÇÃO: pressão baixista sobre o mercado do boi gordo derruba referências ao longo desta semana

Publicado em 15/12/2011 13:26 e atualizado em 15/12/2011 14:59 385 exibições
Boi Gordo: pressão baixista sobre o mercado derruba referências ao longo desta semana. Em São Paulo, a arroba à vista cai para R$ 98,50. Frigoríficos estão abastecidos e escalados por todo período das festas de final de ano e queda deve continuar.
Tendência baixista para os preços da arroba se consolida dia após dia no mercado do boi gordo. Os fatores de pressão continuam sendo o ligeiro aumento da oferta de animais de pasto e a demanda enfraquecida por carnes.

De acordo com o analista da Scot Consultoria, Douglas Coelho, os frigoríficos maiores, que seguem abastecidos e escalados por todo período das festas de final de ano, intensificam a especulação do mercado a fim de baixar ainda mais os preços da arroba.

Em São Paulo, a referência à vista já cai para R$ 98,50/@, uma queda de cerca de um real diante dos negócios realizados ontem.

Para o analista, o mercado deve continuar pressionado de forma negativa sem expectativa de reajustes no curto prazo. "Já passou do período em que o varejo vem se abastecer no atacado... fora as indústrias que colaboram com essa situação", completa.

Para o analista, sem o fim embargo russo de carne bovina, que só deve acontecer no final de janeiro, não deve ser mais um fator de pressão pra o mercado no curto prazo. Isto porque a Rússia tem um fluxo de importação bem menor no início do ano em função do congelamento dos portos no país. Além disso, "O Brasil continuou importando através de outros parques industriais e consegue fazer o escoamento através de outras vias", completa. 

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário