DA REDAÇÃO: Apromilho prevê perdas de 60% da produção no RS

Publicado em 16/01/2012 13:50 e atualizado em 16/01/2012 16:19 579 exibições
Milho: Com falta de chuvas, perdas ultrapassam 3 milhões de toneladas no sul do país. Prejuízos são de até 143 reais por hectare em algumas regiões. Produtor necessita de um seguro eficiente para a proteção de sua receita.
A colheita de milho no Rio Grande do Sul, para o qual eram esperados seis milhões de toneladas, deve ficar bem abaixo disso devido a perdas estimadas em 60% da produção. Em termos de receita, o prejuízo poderá girar em torno de R$1,5 bilhão.

De acordo com a Agrométrica, a expectativa de rentabilidade com a safra do cereal era de R$928 por hectare. Porém, grande parte dos produtores pode sofrer prejuízos de R$143 por hectare. Inclusive, precisarão abastecer a cadeia com milho de outros estados ou países.

Para Cláudio de Jesus, presidente da Apromilho, é preciso entender os efeitos da La Nina para que sejam diminuídos os problemas nas lavouras do estado nos próximos anos. Além disso, medidas como um seguro sobre a expectativa de receita, mais amplo que o Proagro, deveria ser criado para proteção dos produtores.

Por enquanto, o ministro Mendes Ribeiro anunciou um socorro para as regiões atingidas de R$28,6 milhões. Desses, R$ 10 milhões vão para Santa Catarina, na perfuração de 333 poços artesianos; R$ 6 milhões para o financiamento de sistemas de captação de água e irrigação; R$ 10 milhões para o Programa Juro Zero da Secretaria da Agricultura; R$ 1 milhão para a compra de distribuidores de água e R$ 1,6 milhão vai ser dividido entre as prefeituras que decretaram situação de emergência.

Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário