DA REDAÇÃO: Chuva sobre a Argentina será mais intensa do que na região Sul do Brasil

Publicado em 20/01/2012 13:39 e atualizado em 20/01/2012 15:15 1321 exibições
Clima: Nova frente fria se concentra na Argentina neste final de semana e volumes de chuvas podem atingir até 60 mm em algumas regiões do país. Na próxima quarta-feira, tempo volta a ficar seco e chuvas mais significativas só devem voltar a ocorrer em meados de fevereiro.
A previsão do meteorologista da Somar, Celso Oliveira, é de que o acumulado de chuvas na Argentina este fim de semana deve variar de 30 a até 70 mm, dependendo da região. Já o Sul do Brasil e o Uruguai devem receber bem menos água, ficando entre 5 e 15 mm.

Tais volumes precipitarão até terça-feira (24). A partir desta data, o tempo seco volta a prevalecer e chuvas significativas só retornam em meados de fevereiro.

De acordo com o meteorologista, no período de 30 de janeiro a 3 de fevereiro, chuvas fortes podem cair na costa da Argentina e Uruguai porque a água do oceano atlântico estará mais quente que o normal.

Entretanto, no interior desses países não haverá chuva pela ausência de umidade vinda da Amazônia.  “Ainda estamos na La Niña, nada impede o retorno do tempo seco prolongado no Centro-Sul da América do Sul”, acrescenta.

A precipitação na Argentina, contudo, pode ser insuficiente. Isso porque, na semana passada, por exemplo, algumas províncias argentinas tiveram fortes chuvas, mas insuficientes e mal distribuídas.

Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário