DA REDAÇÃO: Suco brasileiro está retido nos portos norte-americanos

Publicado em 20/01/2012 14:06 e atualizado em 20/01/2012 17:15 730 exibições
Suco de Laranja: Produto brasileiro está retido nos portos americanos em razão da identificação do carbendazim nas cargas. Medida faz mercado disparar mais de 1000 pontos em NY. USDA ainda não confirmou o índice de fungicida detectado.
O impasse sobre a exportação do suco de laranja brasileiro aos Estados Unidos, que se arrasta desde o início do ano, tem seu momento de turbulência. Retida nos portos norte-americanos para realização de testes por amostragens, a carga brasileira é prejudicada por falta de informações oficiais que esclareçam a real finalidade de tal retenção.

É possível que estejam sendo feitas verificações de níveis de carbendazim, componente de fungicida que combate a Pinta Preta na laranja. Nesse caso, de acordo com Paulo Celso Biasioli, Diretor Executivo da Associação de Citricultores da Região de Limeira, os ministérios brasileiros tentarão um acordo com os órgãos norte-americanos.

Os laudos das análises feitas no suco já embarcado para os Estados Unidos ainda não foram divulgados oficialmente pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). O fato é que o produto brasileiro que entra no país norte-americano compõe a qualidade do suco por eles comercializado.

Neste ano, devem ser produzidas 600 mil toneladas de suco da própria Flórida. Faltariam de 300 a 400 mil vindas de outros países, como México e Brasil. Dessa forma, esse entrave na importação prejudicaria também a cadeia dos EUA, “há um interesse comercial grande na solução, porque é critico para os dois lados”, acrescenta.

Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário