DA REDAÇÃO: Boatos fazem preços do café caírem em NY, mas fundamentos seguem estáveis

Publicado em 02/02/2012 13:25 e atualizado em 02/02/2012 16:58 569 exibições
Café: Preços reagem em NY, com fundamentos positivos para os preços. Oferta apertada e expectativa de demanda estável deve deixar o mercado sustentado no longo prazo.
O movimento de queda no mercado do café registrado nesta quinta-feira (02), para Eduardo Carvalhaes, analista do Escritório Carvalhaes-SP, seria reflexo de boatos de uma safra maior na Colômbia e Vietnã. Isso “ajuda quem está comprando café para embarque imediato”, diz.

Ele afirma que, na realidade, não houve qualquer mudança no cenário dos fundamentos, os quais continuam apontando bons números. Nesse sentido, a Abic (Associação Brasileira da Indústria de Café) informou que o consumo em 2011 foi de 19.7 milhões de sacas, um aumento de 3% em relação ao ano anterior. 

Se somados aos 33.5 milhões da exportação do ano passado chega-se ao valor de 53 milhões de sacas. Se o consumo mundial de café continuar crescendo no mesmo ritmo dos últimos três anos, daqui 10 anos, serão necessários mais 20 milhões de sacas.

O importante para o produtor, agora, é esperar um pouco por altas maiores, afinal “não há perigo de (os preços) desabarem”, afirma. Porém, é preciso sempre que se tenha muita prudência.

Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário