DA REDAÇÃO: Demanda não reage no atacado e mercado do boi continua pressionado

Publicado em 06/02/2012 13:04 e atualizado em 06/02/2012 14:12 444 exibições
Boi Gordo: Demanda não reage no atacado e mercado continua pressionado. Frigoríficos testam preços menores e pecuaristas aproveitam as boas condições de pastagens para segurar sua produção à espera de melhores preços. Em São Paulo, a arroba é negociada a R$ 98,00, à vista.
Mercado do boi gordo inicia a semana especulado. Os preços da arroba no atacado continuam pressionados e muitos frigoríficos seguem com dificuldade para escoar a produção diante da demanda lenta por carnes.

De acordo com o consultor de mercado da Scot Consultoria, Alex Santos Lopes, ao contrário das expectativas, o aumento do consumo não se concretizou neste início de mês. Desta forma, muitas indústrias testam preços menores enquanto pecuaristas retêm sua produção no pasto à espera de cotações mais atrativas para a concretização dos negócios.

Em São Paulo, a referência segue no patamar de R$98,00/@, à vista, com  contratos pontuais até a R$ 99,00/@. Em Goiás, a arroba gira em torno dos R$ 87,00, à vista e no Mato Grosso do Sul os negócios estão bastante variados entre R$ 89 a R$ 90,00, à vista. "O mercado está bastante especulado, indefinido e o esperado é que a demanda melhore e dê maior sustentação aos preços nos próximos dias", concluí. 

Por:
João Batista Olivi e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário