DA REDAÇÃO: Cotações do café têm forte queda diante de aumento de oferta e retração da demanda

Publicado em 14/02/2012 16:13 872 exibições
Café: Demanda fraca com fim do inverno no hemisfério norte e aumento na oferta com a proximidade da colheita no Brasil, ajudam cotações a romperem resistência e preços despencam em Nova York.
Dia bastante negativo para as negociações do café no mercado interno e externo. Na bolsa de Nova York (NYBOT), os contratos futuros do grão registram quedas acentuadas de até 800 pontos ao longo do pregão desta terça-feira.

De acordo com o analista da Safras & Mercado, Gil Carlos Barabach, além da alta do dólar e da retração do mercado acionário, os preços sofrem forte influência do lado fundamental. As compras enfraquecidas com fim do inverno no hemisfério norte e o aumento na oferta diante da proximidade da colheita no Brasil enfraquecem as cotações de forma expressiva.

Para Barabach, novas baixas não estão descartadas e ainda há espaço para que as cotações caiam para o patamar dos 200 centavos de dólar por libra peso nos próximos dias. A recomendação é que o produtor participe do mercado de forma gradual e busque lucro com base na média de suas vendas.

Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário