DA REDAÇÃO: Soja opera de lado em Chicago diante da falta de novidades no campo fundamental

Publicado em 12/03/2012 13:42 e atualizado em 12/03/2012 14:52 655 exibições
Soja: após relatório otimista do USDA, mercado deve enfraquecer fundamento de perda em produtividade na América do Sul e andar de lado essa semana. Atenção agora se volta para a demanda e a definição da safra 2012/2013 dos Estados Unidos.
No mercado internacional, as cotações da soja operam de lado nesta segunda-feira, 12. Os contratos futuros da oleaginosa encerraram o pregão noturno da Bolsa de Chicago com leves perdas diante da ausência de novidades no campo fundamental, de acordo com o analista da Safras & Mercado, Flávio França Jr.

Para ele, o mercado já assimilou as perdas da produção da América do Sul e segue em compasso de espera para a definição da nova safra dos Estados Unidos e o comportamento da demanda no curto prazo. Estas variáveis devem dar nova direção às cotações.

Nos próximos 10 dias, não há previsão de chuvas para o Sul do Brasil e as temperaturas devem continuar altíssimas, o que pode piorar ainda mais a condição das lavouras da região e, assim, trazer um certo suporte ao mercado.

Mercado Interno

A saca (60 kg) da soja está valendo até R$ 55 no Porto de Paranaguá nesta segunda-feira. De acordo com França, este é um patamar atrativo, alcançado em resposta à valorização cambial. "Os níveis deste momento são superiores ao mesmo período do ano passado" e são positivos para a concretização de negócios, na visão de França.

Por:
João Batista Olivi e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário