DA REDAÇÃO: Falta de chuvas no interior de SP compromete o desenvolvimento da cana-de-açúcar; colheita deve atrasar

Publicado em 21/03/2012 14:03 e atualizado em 21/03/2012 17:15 396 exibições
Sucroenergético: falta de chuvas compromete o desenvolvimento da cana-de-açúcar no canavial e deve atrasar a colheita. Situação preocupa produtores frente à oferta de açúcar e álcool para o ano. Etanol deve continuar mais caro, puxado pela gasolina.
A falta de chuvas regulares no interior de São Paulo compromete o desenvolvimento das lavouras de cana-de-açúcar na região, que deverão ser colhidas com atraso. "A previsão era para a safra nova entrar no começo de abril e isso não vai acontecer, já que as canas não estão prontas para serem moídas. Vai começar a partir do dia 20 de abril ou começo de maio", comenta o anlaista de mercado, João Osvaldo Baggio.

A situação preocupa produtores diante do possível comprometimento da oferta de açúcar e álcool ao longo do ano. De acordo com Baggio, o clima será fator determinante para o desempenho da safra daqui para frente. "As canas de 18 meses, plantadas em outubro e novembro, ainda tem potencial para se desenvolver. Tudo vai depender do clima. Mas, a situação é preocupante", alerta.

Mesmo se houver comprometimento por parte da oferta, as perspectivas são boas para os preços no mercado de açúcar em 2012. Diante da valorização das cotações do petróleo no cenário internacional, há forte tendência de que os preços da gasolina se mantenham elevados, puxando também os valores do etanol ao longo do ano.  "O mercado interno e externo de açúcar deve ficar com preços acima da médias históricas com o bom retorno dos usineiros", relata.

Por:
João Batista Olivi e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário