DA REDAÇÃO: Feijão carioca valorizado com a falta de oferta no mercado

Publicado em 22/03/2012 13:13 e atualizado em 22/03/2012 14:55 621 exibições
Feijão: mercado está muito firme, com preços que beiram R$ 200/sc de 60 quilos do carioca e do preto. Estiagem reduz oferta também na Argentina. Mercado é promissor para próxima safra, principalmente para produção com pivô e feijão preto.
Mercado do feijão carioca segue firme. Apesar do bom ritmo da demanda, a falta de oferta tem pressionado os preços para cima. A produto nota 9, ofertado nas fontes (Campo Novos-SC e Castro-PR), já vale de R$ 190 a R$ 195 por saca de 60 kg, sendo que, algumas variedades de melhor qualidade valem até R$ 200 por saca.

Apesar de haver boa área destinada ao plantio da segunda safra no sul do país, a falta de chuvas ainda persiste e pode comprometer o andamento das lavouras. "O volume total de chuvas previsto no inteiror do Paraná, talvez não seja suficientes para o feijão", comenta Marcelo Luders, da Correpar.

Já os preços pagos ao produtor de feijão preto se mantém entre R$ 80 e R$ 90 por saca de 60 kg. De acordo com  Luders, o cenário deve ficar mais positivo para os negócios no médio prazo diante do possível comprometimento das lavouras da Argentina e do Paraná, que sofreram danos com a estiagem. "O feijão que viria para cá em maio e junho poderá ter problemas sérios e ficamos dependentes unicamente da China", comenta.

Por:
João Batista Olivi e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário