DA REDAÇÃO: Boi gordo: Oferta continua alta e chuvas tardias devem prolongar pico da safra

Publicado em 08/06/2012 11:43 e atualizado em 08/06/2012 13:44 494 exibições
Boi: Frio intenso no Mato Grosso do Sul e chuvas em algumas praças aumentam oferta e preços seguem sob pressão. Chuvas tardias devem prolongar pico da safra. Referência em SP à vista oscila entre R$92 e R$94 e no MS a @ é negociada a R$86 à vista.
O mercado do boi gordo continua apresentando aumento da oferta nesta sexta-feira,dia 8. Ao longo da semana havia preocupação por parte dos pecuaristas com relação ao frio, principalmente no Sul do Mato Grosso, região que tinha previsão de geadas, o que seria muito ruim para o boi e poderia refletir uma oferta ainda maior.  

De acordo com Caio Junqueira, analista de mercado, em função da chuva tardia pode haver um prolongamento do pico da safra. Se esse pico se estender demais, garante-se uma condição melhor ao pecuarista para segurar o animal no pasto. Junqueira lembra,entretanto, que essa condição não é tão eficiente assim como é no período de calor. Isso porque o pecuarista consegue segurar o animal um pouco mais no pasto, mas com o final do primeiro turno de coxo,o que era para servir de ajuda pode atrapalhar ainda mais. "A gente pode ter uma saída gradativa e contínua desse animal de pasto, porque a chuva dá condição de se cortar um pouco mais, mas por outro lado pode coincidir com a saída da liquidação desse primeiro turno de coxo, e aí corre-se o risco de ter uma oferta duplamente maior do que o que poderíamos ter", explica o analista.

A referência do boi gordo em São Paulo oscila entre R$92,00 e R$94,00 à vista, e no Mato Grosso do Sul a arroba é negociada a R$ 86 à vista.

Por:
Thaís Jorge e Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário