DA REDAÇÃO: Colheita de café começa com dificuldades no Paraná

Publicado em 14/06/2012 10:40 e atualizado em 14/06/2012 14:38 366 exibições
Café: Paraná começa colheita, mas chuvas intensas derrubam grãos e diminuem qualidade e produtividade. Atraso na entrega dos recursos do Funcafé pioram quadro da cafeicultura local, aumentando oferta do produto e pressionando ainda mais as cotações.
Município de Cornélio Procópio (PR) dá início a colheita de café, mas excesso de chuvas dificultam avanço. As precipitações também derrubam grãos, comprometendo a qualidade e causando prejuízos. A produtividade esperada média é de 30 sacas por hectare. 

De acordo com Floriano José Leite Ribeiro, Presidente do Sindicato Rural do município, a perda já é relativamente acentuada, não só em qualidade, mas também em volume.

Os recursos do Funcafé, que foram mais uma vez adiados e têm previsão de liberação amanhã (15), junto com o Plano Safra, seriam uma ajuda aos produtores, que estão sendo forçados a vender os grãos. Segundo Floriano, o produtor está descapitalizado e precisa muito desse recurso. Ele argumenta que cerca de 55% a 65% da despesa de uma propriedade café se dá durante a colheita, e o produtor nesse momento se vê obrigado a vender seu café rapidamente para honrar seus compromissos. "Como não chegam os recursos, o produtor força a venda e o mercado fica pressionado, provocando quedas diárias", comenta. "Continuamos na expectativa de que o Governo honre sua obrigação para que os produtores não continuem a vender sua produção desordenadamente", completa.

A orientação é segurar o café o máximo possível, guardando os grãos para vender depois.
Por:
Thaís Jorge e Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário