DA REDAÇÃO: Clima prejudica produtividade do café no Paraná

Publicado em 21/06/2012 09:40 e atualizado em 21/06/2012 12:08 658 exibições
Café PR: Seca durante a floração e chuvas agora na colheita prejudicam produtividade e qualidade dos cafezais. Quebra pode chegar a 30%. Falta mão-de-obra na região e custos elevados agravam crise na safra.

A produtividade e qualidade dos grãos de café do Paraná vêm sendo prejudicadas pelo clima instável  no estado, que apresentou seca durante o período de floração e chuvas agora, na colheita.

“Houve um desenvolvimento irregular dos grãos de café”, diz Shigueo Yamamoto, Presidente da Associação dos Cafeicultores Apuracana, no Paraná. Durante a colheita, que teve início em maio e junho, começaram as chuvas que não estavam previstas. O café, que já está no ponto para ser colhido, encontra-se agora muito molhado e vem perdendo sua qualidade. Houve uma queda de produção de 20% a 30% em relação aos anos anteriores, principalmente devido à falta de chuvas do ano passado. “Com essa queda do produto na colheita atual, devemos perder de 10% a 15% da qualidade da produção”, diz.

A falta de mão de obra é outro problema que afeta os cafeicultores da região do Paraná. De acordo com Yamamoto,a cidade está levando os trabalhadores. Ele comenta que a rentabilidade da cafeicultura da região é baixa, e o preço cai a cada dia, afastando ainda mais quem poderia trabalhar nas lavouras.

A liberação dos recursos do Funcafé não ajuda muito os pequenos produtores, segundo o  Presidente da Associação dos Cafeicultores Apuracana “ Nós não conseguimos esse recurso”, comenta. As cooperativas e os comerciantes, no fim, é que acabam absorvendo o benefício.

Por:
Thaís Jorge e Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

2 comentários

  • alexandre maroti nova resende - MG

    Aqui em Nova Resende não conseguimos colher cafe ,o trabalho ta todo parado nem caminhões e trator conseguem andar na lavoura ,o colhido vai para terreiro que não consegue secar , cheira ate mal , secadores não tão dando conta ,grande parte do cafe esta no chão ,alem de tudo este preço de café para complicar a vida do produtor ainda mais ,o governo diz que libera dinheiro mas nada sai aqui no Brasil tudo acontece e o produtor sempre é quem leva tinta .

    0
  • Gino Azzolini Neto Londrina - PR

    As chuvas atrapalham, mas o pior são os preços. Difícil explicar de de até R$ 150,00 por saca de 60 Kg. Quanto a financiamentos, é bom esquecer. O Governo só anuncia, você vai o Banco e são as desculpas e negativas de sempre. Produzir no Brasil é só mesmo por falta de outra opção. Como diria o Tom Jobim, o Brasil é para " profissionais " e não amadores. Os profissionais estão todos no Congresso, nas Assembléias Legislativas e nas sinecuras do Poder Público.

    0