DA REDAÇÃO: Apesar de doenças, produtividade do milho safrinha deverá ser maior que no ciclo passado em Chapadão do Sul (MS)

Publicado em 25/06/2012 10:43 e atualizado em 25/06/2012 16:21 669 exibições
Safra 2011/2012: Chuvas contínuas em Chapadão do Sul (MS) aumentam a incidência de doenças nas lavouras de milho safrinha e quebra já chega a 15%. No entanto, produtividade deve ficar acima da produção da safra passada.
Lavouras de milho safrinha de Chapadão do Sul (MS) se encontram em bom estado, devido às chuvas que ocorreram no florescimento e enchimento de grãos. No entanto, chuvas em excesso também aumentaram a incidência de doenças nos milharais.

Produtividade média deve ser superior aos números da safrinha passada, chegando as 110 sacas/hectare. Apesar da quebra de até 15% em função de doenças.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Fundação Chapadão, Jefferson Luís Anselmo, o produtor deve colher assim que possível seu milho, a fim de evitar doenças que geralmente ocorrem no final do ciclo vegetativo.

Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário