DA REDAÇÃO: Leitura do relatório da Medida Provisória é adiada para quarta-feira (11)

Publicado em 10/07/2012 14:07 e atualizado em 10/07/2012 16:39 449 exibições
Código Florestal: Deputados continuam firmes na posição de que a decisão do recuo nas áreas produtivas (Apps) tem que ser técnica, e não política. Médios produtores podem ficar menores que os pequenos produtores...
Estava prevista para a tarde desta terça-feira (10), a leitura do relatório da Medida Provisória do novo Código Florestal, mas foi novamente adiada para as 8 horas da manhã de quarta-feira (11). Segundo o Deputado Federal, Paulo Piau (PMDB-MG), a Câmara tinha o desejo de que as coisas fossem resolvidas tecnicamente.

Devido a esse cenário, vários temas ainda terão que ser discutidos com o relator, Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC). Entre eles a questão dos médios produtores. “Aqueles que estão com menos de 10 módulos fiscais, podem ficar com menos áreas produtivas do que os pequenos, mesmo porque eles têm que cumprir reserva legal”, explicou o deputado.

Ainda de acordo com Piau, “são pontos fundamentais, e esperamos que no relatório do senador, Luiz Henrique, esteja contido, para que nós possamos avançar. O ambiente está voltado para um grande acordo, será difícil, mas vamos tentar”.

Em decorrência dessa situação, o parlamentar afirmou que se não existir acordo, poderá haver problemas na aplicação do Código Florestal, e com isso o texto terá que ser alterado novamente.
Por:
João Batista Olivi/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário