DA REDAÇÃO: Após bloqueio por pragas, maçã argentina volta a entrar no Brasil

Publicado em 11/07/2012 13:49 e atualizado em 11/07/2012 16:59 311 exibições
Maçã: Importações argentinas estavam proibidas até semana passada, devido à pragas que atacaram lavouras.Controle deve ser feito na fronteira a partir de agora, permitindo volta da maçã importada. Em Santa Catarina, qualidade é melhor que ano passado, assim como preço médio da fruta.
Pragas na maçã argentina bloqueiam entrada do produto no Brasil e como consequência, aumentam volume da fruta chilena no mercado interno. No entanto, acordo entre Argentina e Brasil sobre controle de pragas na fronteira deve garantir retorno do fluxo de oferta.

Safra brasileira tem maior qualidade este ano, com reflexo aos preços médios pagos ao produtor, que hoje recebe R$1,55 pela maçã. Enquanto ano passado cotações operavam a R$1,31. No entanto, custo médio de produção em solo brasileiro é de R$1,50, ou seja, produtor trabalha atualmente com margem de lucro de alguns centavos. Há alguns meses, no pico da colheita, a situação era ainda pior, pois o produtor trabalhava no lado negativo da tabela.

Mercado tem agora entrada da maçã Fuji, enquanto variedade Gala deve ter maior oferta a partir de agosto. Consumo é estável e se mantém positivo, com registro de alta nos últimos dois anos.

Por:
João Batista Olivi e Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário