DA REDAÇÃO: Commodities Agrícolas encerram em alta na Bolsa de Chicago

Publicado em 25/07/2012 17:16 e atualizado em 25/07/2012 18:32 802 exibições
Soja: dia de recuperação dos preços em Chicago. Grão volta aos US$16,00/bushel e mercado deve continuar firme. Analista alerta para boa possibilidade de negócios no último trimestre deste ano, já pensando na safra 2013/2014.
Após dois dias de pressão com quedas significativas, o mercado de Commodities Agrícolas encerrou positivamente nesta quarta-feira (25), na Bolsa de Chicago. Cotação da oleaginosa volta a operar a US$ 16 dólares por bushel, e os principais vencimentos fecharam com quase 50 pontos de alta.

Para o analista da Agrosecurity Consultoria, Fernando Pimentel, os fundamentos ainda são positivos e o clima, seco e quente, e os estoques baixos contribuíram para esse cenário altista. “O mercado volta a tomar corpo, à medida que ocorre um ou outro reporte de clima que diminui a certeza de chuvas”, afirmou.

Em decorrência dessa situação, o analista sinaliza que a safra 2013 já está construída, e poderemos observar uma aceleração de crescimento das áreas de plantio para a soja no Brasil. “Não haverá excedentes. Se o Brasil e a Argentina produzirem 5% a mais na safra 2013, servirá para recompor os estoques, e não deverá pressionar o mercado”, explicou Pimentel.

Os custos de produção também devem aumentar, mas, ainda de acordo o analista não na mesma proporção que os ganhos. A expectativa é que, em 2013, haja uma expansão da margem do produtor, devido ao maior preço da soja.

 Em função desse cenário, os produtores devem se atentar às boas oportunidades no último trimestre de 2012. “Vamos ter uma janela de oportunidade no último trimestre de 2012, que vai permitir que os produtores realizem vendas, teremos muitas indústrias de esmagamento parando no fim do ano, pois começa a faltar soja, com isso os donos de empresas vão pagar um prêmio maior para não parar a unidade dele”, finalizou Pimentel.
Por:
Aleksander Horta/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário