DA REDAÇÃO: Preço mínimo estipulado para a caixa de laranja é de R$ 10,10

Publicado em 03/08/2012 14:09 e atualizado em 03/08/2012 16:02 588 exibições
Citricultura: Medidas aprovadas pelo Conselho Monetário Nacional ajudaram em partes. Problemas estruturais ainda precisam de solução. Preço mínimo estipulado é de R$10,10 por caixa, o que ainda está muito abaixo do custo de produção.
O Conselho Monetário Nacional divulgou medidas de auxílio para o setor da citricultura. Segundo o presidente da Associtrus, Flávio Viegas, as medidas foram boas, e o Ministério da Agricultura foi bastante sensível as ponderações do setor.

“Houve uma boa redução do dano causado aos produtores por essa crise. Mas, de qualquer forma o Governo tomou as medidas que podia tomar nesse momento”, afirmou Viegas.

O preço mínimo da caixa de laranja foi estipulado em R$ 10,10, no entanto, o presidente sinaliza que o custo de produção é de quase em R$ 19,00, então os R$ 10,00 será para cobrir parte dos custos dos produtores.

Além disso, Viegas afirma que é necessário resolver alguns problemas estruturais, como a expressiva concentração do setor industrial, a verticalização do plantio por parte das indústrias, e ações por parte do Governo do Estado.

“Precisamos de mais organização dos produtores, pois através da organização, do contato, da discussão, é que vamos conseguir avançar em busca de soluções”, explicou o presidente.

Ainda de acordo com o presidente, o Governo deveria averiguar as informações fornecidas pelas indústrias, pois há uma discrepância entre o que as indústrias informam e o que o USDA divulga.  “Em relação, aos estoques que a indústria indica de 555 mil toneladas o USDA diz que é de 240, essa diferença de 315 mil toneladas de diferença corresponde a essa fruta que a indústria se negava a comprar”, explicou Viegas.

Já os produtores podem ir às instituições financeiras para negociar a prorrogação das dívidas, desde que comprovem a não capacidade de pagamento.
Por:
Kellen Severo/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário