DA REDAÇÃO: Com custo de produção maior que preço da arroba, pecuaristas de Goiás desistem de confinamento

Publicado em 16/08/2012 11:22 e atualizado em 16/08/2012 15:14 369 exibições
Pecuária: Produtores de gado de corte de Vianopólis (GO) recebem R$82 pela arroba do boi gordo, enquanto custo de produção é de R$90. Em uma propriedade, cerca de 400 cabeças deixaram de ser confinadas este ano em função dos altos preços dos farelos.
Pecuaristas de Vianópolis (GO) recebem R$82 pela arroba do boi gordo à vista, enquanto custos são de R$90/arroba. O produtor Arnaldo Celestiano soma prejuízos desde o início deste ano, enquanto em 2011 viu seus custos empatarem com o valor recebido pelo animal.

Custos elevados são reflexos, principalmente, das altas nos preços da soja e milho, que são comercializados no município a R$70 e R$27, respectivamente.

Celestiano, que este ano iria confinar 400 cabeças de gado, desistiu da produção em função dos prejuízos. Muitos produtores em Vianópolis também deixam a criação de boi para cultivo de grãos, que possuem maior rentabilidade.

Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário