Da Redação: Tendência para o mercado de café é positiva

Publicado em 11/09/2012 14:17 e atualizado em 06/06/2013 16:54 936 exibições
Café: Altas nas cotações são consequência das perdas nas lavouras brasileiras e pressão dos fundos na Bolsa de NY. Produtor está segurando produto e comercialização também sofreu mudanças. Orientação para quem produz é realizar vendas aos poucos.

Nesta segunda-feira (10) as cotações do café na Bolsa de Nova Iorque registraram mais de mil de ganhos nos principais vencimentos. Segundo o gerente de comercialização da Cocapec, Anselmo Magno de Paula, essa alta são consequência das perdas nas lavouras brasileiras e pressão dos fundos.

“As chuvas prejudicaram a qualidade os grãos de café, e houve uma pressão por parte dos fundos, mas o produtor por outro lado está muito bem posicionado e as vendas não acontecem”, afirmou de Paula.

Há uma reversão no mercado e nos últimos três dias aconteceu uma recuperação significativa. Os produtores estão aprendendo ao longo dos anos e com os próprios erros, com isso a remuneração dos cafeicultores também melhorou.

Devido a esse cenário, a tendência é positiva no médio e a longo prazo. O gerente sinaliza que os produtores têm financiado o café, para saber qual será o melhor momento de comercializar. “Mas uma alta de 10% não deve ser desprezada, o produtor tem que fazer algum tipo de posição”, explicou.

Já no mercado físico em Franca, o café está sendo negociado a R$ 400,00, na semana passada o valor era de R$ 370,00. Para o vencimento de setembro de 2013, o grão é comercializado a R$ 430,00 e em set/2014 o preço é de R$ 440,00.

Por:
João Batista Olivi/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário