DA REDAÇÃO: Cresce o número de comercializações de café

Publicado em 18/09/2012 15:20 e atualizado em 18/09/2012 16:15 365 exibições
Café: Cenário é de volatilidade nas cotações de Nova York. Produtor praticamente não realizou vendas em agosto. A partir da semana passada, comercialização aumentou. Produtores é que vão ditar o nível do mercado através das decisões em vender ou segurar o produto.
O mercado de café permanece volátil, na semana passada o grão encerrou com alta de mais de 1000 pontos na Bolsa de Nova York. Para o superintendente comercial da Cooxupé, Lúcio Dias, são vários pontos envolvidos no mercado que contribuem para esse cenário de instabilidade.

“Como a previsão de chuvas para a próxima semana, a posição dos fundos, o mercado bastante ativo o que causa bastante volatilidade com tudo o que está acontecendo no mundo, e é o mundo da commodity do café para a gente operar”, afirmou Dias.

Em decorrência desse cenário, no final de agosto o mercado ficou travado, os produtores não venderam quase nada e realizaram estocagem até o início de setembro. Mas, a partir da semana passada quando o mercado evoluiu e voltou a operar acima de R$ 400,00 os cafeicultores retornaram ao mercado e realizaram um pouco.

“Se o mercado cair o pessoal para de vender, e o mercado recuperando os produtores voltam a participar. O mercado estava de férias e agora voltou a operar na semana passada, começou a ficar mais ativo, muitas pessoas interessadas e muitos negócios acontecendo”, explicou Dias.

O superintendente ainda sinaliza que para o mercado evoluir e as cotações chegarem a R$ 500,00, irá depender dos produtores brasileiros. “Eles irão ditar o nível que é bom para eles”, finalizou.

Por:
Kellen Severo/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário