DA REDAÇÃO: Oferta de bois deve aumentar na segunda quinzena de outubro

Publicado em 02/10/2012 13:34 e atualizado em 02/10/2012 17:10 396 exibições
Boi gordo: Quantidade de animais ofertados deve aumentar na segunda quinzena. Movimento é pontual e é preciso ficar atento aos fundamentos do mercado físico. Cotações do boi gordo em outubro devem ser inferiores às do início do mês.
As cotações do boi gordo no mercado registram uma melhora nesta terça-feira (2). O vencimento de outubro/12 está em R$ 96,70 e o contrato novembro/12 em R$ 98,01. Segundo o analista da Cross Investimentos, Caio Junqueira, os fundamentos do mercado ainda permanecem.

“E vamos passar pelo mês de outubro, que é uma incógnita em relação à quantidade de boi a ser ofertada ao longo desse mês até novembro. Porém, há notícias de que o volume de animais ofertados deve aumentar na segunda quinzena de outubro”, explicou Junqueira. 

Ainda de acordo com o analista, esse é um movimento pontual, e não adianta ficar observando apenas a bolsa, o sobe e desce das cotações. É necessário olhar os fundamentos do mercado físico e também a quantidade de animais que será ofertado.

“Em função desse cenário, a tendência é que as cotações fiquem pressionadas e veremos preços inferiores às do início do mês de outubro”, afirmou o analista. 

Além disso, a saída de bois agora é inevitável e existe a desova de animais prontos que seria o boi de cocho até o final de outubro, conforme disse Junqueira. A oferta é contínua e com expectativa de aumento, em decorrência dos animais de pasto que estão prontos. 

“O mercado não tem grandes oscilações, a pessoa que deixar de vender agora para vender no final do mês, talvez pegue R$ 1,00 ou R$ 2,00 de alta. Não acredito em uma explosão de preços, mas também não vemos um recuo muito expressivo na arroba”, argumenta o analista.

Na visão do analista, a arroba deve permanecer estável, por conta de um consumo moderado no Brasil. 
Por:
João Batista Olivi/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário