DA REDAÇÃO: Preços do café tendem a registrar uma leve melhora a curto prazo

Publicado em 17/01/2013 12:56 e atualizado em 17/01/2013 16:33 405 exibições
Café: alta das cotações do grão pode ser refletida no mercado interno brasileiro. A tendência é preços registrem uma leve melhora, e os produtores tendem a comercializar mais o produto haja vista que precisam se preparar para a nova safra de café.
A alta nos contratos futuros do café negociados na ICE Futures US (Bolsa de Nova York) podem ser refletidas no mercado interno brasileiro. Segundo o analista de mercado, Eduardo Carvalhaes, do Escritório Carvalhaes, os operadores estão mais otimistas com a situação da economia no hemisfério norte, principalmente, nos EUA. 

“Considerando que os maiores perigosos para a economia Europeia tenham sido afastados, pelo menos momentaneamente. E os preços têm refletido em commodities e no café. A partir de meados da semana passada começamos a ver os compradores voltando ao mercado mostrando interesse comprador”, afirma o analista.  

Os preços praticados são parecidos com os registrados na primeira quinzena do mês de dezembro 2012. E esse reflexo, pode significar uma elevação no valor da saca no mercado interno, o que tende a acontecer a partir da próxima semana, destaca Carvalhaes. 

Por enquanto, a tendência dos importadores é ir comprando aos poucos conforme a necessidade da demanda. Entretanto, não se mostram dispostos a formar estoques maiores, mas como precisam do produto sempre retornam ao mercado, só que uma pressão compradora menor. 

Já os preços tendem a registrar pequenas melhoras, segundo relata o analista. “E o produtor está chegando a hora de vender uma vez que está chegando à safra nova e daqui a uns três meses começam os serviços e colheita e imagino que o cafeicultor vai colocar mais produto no mercado”, finaliza o analista. 
Por:
Kellen Severo/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário