DA REDAÇÃO: Soja opera com altas expressivas na CBOT nesta terça-feira (22)

Publicado em 22/01/2013 13:30 e atualizado em 22/01/2013 17:23
310 exibições
Grãos: previsão de clima seco no Sul do Brasil e na Argentina nas próximas duas semanas sustenta as altas expressivas dos preços da soja em Chicago. A demanda aquecida pela oleaginosa norte-americana, por parte da China, também contribui para esse cenário.
Nesta terça-feira (22) os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago operam com altas expressivas. Por volta das 17h20 (horário de Brasília) os principais contratos trabalham com mais de 20 de ganhos.

Segundo o operador de mesa, Flávio Oliveira, a previsão de clima mais seco no Sul do Brasil e na Argentina nas próximas duas semanas, assim como, as chuvas no MT que atrasam a entrada da soja no mercado contribuem para essa elevação nos preços.

Do mesmo modo, a demanda pela oleaginosa que permanece aquecida, especialmente por parte da China, também colabora para a formação desse quadro. Apesar desse cenário, o analista destaca que esse é um movimento pontual do mercado, e é preciso lembrar que o Brasil tem previsão de uma safra de 83 milhões de toneladas de soja.

Então, temos que ficar atentos uma vez que o mercado pode sofrer uma pressão baixista nas cotações em função da entrada das safras tanto do Brasil como da Argentina no mercado nos próximos meses, afirma Oliveira. 

Ainda na visão do analista, os EUA podem comprar soja brasileira para suprir a demanda no mercado interno norte-americano e também para cumprir contratos de exportação, entretanto, não deve ser grandes volumes. 
Por: Kellen Severo/ Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário