DA REDAÇÃO: Quebra nas safras de algodão, feijão e mamona de Brumado (BA) após 50 dias de seca

Publicado em 01/02/2013 10:57 e atualizado em 01/02/2013 11:50
376 exibições
Safra 2012/13: Em Brumado (BA) lavouras de algodão e feijão ficaram do início de dezembro até a terceira semana de janeiro sem chuvas. Perdas atingem 60% da produção estimada e produtores que fizeram replantio registram novas perdas.
Em Brumado (BA) lavouras receberam em novembro chuvas isoladas e em baixo volume, que estimularam o plantio das safras de algodão e feijão. No entanto, de dezembro a até a terceira semana de janeiro o município passou por uma estiagem com temperaturas elevadas, em torno de 35° Celsius.

No final de janeiro, quando choveu em torno de 150 mm no município, alguns produtores fizeram o replantio de algumas culturas, que agora registram novamente prejuízos com o clima seco. Precipitações, segundo o produtor rural Anderson Monteiro, não foram suficientes para recuperar barragens e açudes. Previsões climáticas indicam 500 mm de chuvas para a região.

De acordo com Monteiro, perdas para o algodão, feijão e mamona chegam a 60% da produção estimada. Atualmente, previsões apontam retorno das chuvas em fevereiro, mas de forma isolada e em baixo volume para Brumado.
Por: Ana Paula Pereira
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário