DA REDAÇÃO: Seca de 26 dias em janeiro derruba produtividade da soja em Dourados (MS)

Publicado em 05/02/2013 10:21 e atualizado em 05/02/2013 12:56
846 exibições
Safra 2012/13: Em Dourados (MS) lavouras de soja ficaram 26 dias sem chuvas em janeiro e precipitações do último final de semana vieram muito abaixo das necessidades das plantas. Algumas propriedades já registram perdas de 50% na produção estimada. Plantio do milho safrinha é realizado no pó no município.
Após período de seca em dezembro, as lavouras de soja em Dourados (MS) ficaram mais 26 dias sem chuvas em Janeiro, prejudicando o enchimento de grãos. No último domingo (3) precipitações em torno de 10 mm chegaram ao município, mas o volume é insuficiente para as necessidades das plantas.

Segundo o produtor rural, Roney Gomes Pires, as perdas consolidadas em algumas localidades chegam a 50% da produção estimada diante da seca. Na minha propriedade, de 20 de setembro até anteontem (dia 3), choveu somente 435 mm, afirma.

Produtores realizam também o plantio do milho safrinha no pó, pois sementes e insumos da segunda safra já foram negociados.

Previsões climáticas apontam 150 mm de chuvas para o município a partir do dia 10 de fevereiro para o sul do Estado, mas segundo Pires, chuvas previstas anteriormente não se confirmaram e produtor segue preocupado com o futuro da lavoura.
Por: Ana Paula Pereira
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Liones Severo Porto Alegre - RS

    Pena que a entrevista com o Dr Dirceu Gassen não esteja disponível. Dr Dirceu é uma das maiores autoridades mundiais em agricultura. Muitos governos (Russo/Australiano/Nova Zelandia/etc) solicitam seus aconselhamentos. Nós, brasileiros, não damos a devida importância para os nossos cientistas mais ilustres. Sua entrevista de ontem bem demonstra seu profundo conhecimento de agricultura. Parabéns Dirceu.

    0