DA REDAÇÃO: Colheita da soja avança no Paraná e chega a 20%, enquanto ritmo de negociações diminui no Estado

Publicado em 13/02/2013 16:48 e atualizado em 13/02/2013 17:52
678 exibições
Grãos: Colheita da soja evolui no Paraná e chega a 20% da área plantada, o que representa incremento de 4% na comparação com o mesmo período do ano passado. Comercialização da soja e milho segue lenta no Estado em função da volatilidade dos preços. Saca de soja é negociada a preço médio de R$55 e milho a R$25 nesta quarta-feira (13).
A colheita da soja chega a 20% da área plantada no Paraná, o que representa um acréscimo de 4% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo Gilda Bozza, economista da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Feap), cerca de 35% do volume de produção estimado foi negociado antecipadamente no Estado.

No entanto, de acordo com a economista, atualmente as negociações seguem lentas em função da volatilidade dos preços e das quedas nas cotações do dólar, além da pressão da entrada da safra de soja. Nesta quarta-feira, os preços médios da soja operam a R$55 no Paraná, enquanto na sexta-feira (8) as cotações encerraram a R$57. 

Para o milho, as negociações também seguem lentas em função, principalmente, da concorrência com a soja no escoamento da produção. Hoje, saca de milho é negociada a R$25 no Estado.
Apesar da pressão negativa e do aumento nos custos de produção, que agora serão puxados pela elevação do preço do frete, Bozza acredita que preços pagos pelos grãos ainda oferecem rentabilidade ao produtor. 

Exportações 2012

No ano passado, o Paraná exportou 10 milhões de toneladas do complexo soja, sendo 6,5 milhões em grãos. Para o milho as exportações foram de 4 milhões de toneladas, o que representa 21% do volume total embarcado pelo Brasil em 2012.
Por Ana Paula Pereira
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário