DA REDAÇÃO: Suinocultores apresentam reivindicações do setor para o Ministério da Agricultura

Publicado em 14/02/2013 10:29 e atualizado em 14/02/2013 11:43 254 exibições
Suinocultura: Representantes do setor levaram ao Ministério da Agricultura reivindicações na última semana. Entre elas, a inclusão da carne suína na política de preço mínimo, prorrogação de dívidas, garantia de abastecimento interno, atenção maior ao programa de sanidade e mais transparência entre integradoras e produtores integrados.
Na tarde desta quarta-feira (06), o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes, acompanhado dos presidentes das entidades afiliadas a ABCS, esteve reunido com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Mendes Ribeiro Filho, para apresentar as demandas definidas para o setor de suínos em 2013. A audiência contou ainda com a presença dos Deputados Jeronimo Goergen, Valdir Colatto, Carlos Henrique Heinze e do Senador Sérgio Souza, além do Secretário de Política Agrícola, Neri Geller; da Defesa e Agropecuária, Enio Marques e do Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, Caio Rocha.

Após a Assembleia Geral da ABCS, realizada nesta manhã na sede da entidade em Brasília, o setor definiu por determinadas prioridades que deverão ser tratadas pelo governo federal a curto, médio e longo prazo. Abaixo as reivindicações:

- Incluir a carne suína na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM);

- Renegociar Dívidas dos Suinocultores;

- Potencializar o Programa Nacional da Sanidade Suídea (PNSS).

- Operacionalizar o Sistema de Contrato de Opção de Compra de Milho;

- Apoiar a Aprovação dos Projetos de Lei de Integração;

- Regulamentar a Liberação de Recursos Públicos para Novos Investimentos em Suinocultura;

- Garantir Abastecimento Interno de Milho por meio da Recomposição dos Estoques Públicos;

- Aumentar a Oferta de Milho para Venda Balcão e o Limite de Compra por Suinocultor;

“No ano passado a cadeia de suínos vivenciou um momento de grande crise, com os altos preços dos grãos, o que refletiu diretamente no custo de produção dos animais. Para esse ano a expectativa da entidade é que a demanda de suínos vivo esteja alinhada com a oferta, o que proporcionará aos suinocultores de todo o país maior estabilidade, mas isso somente será possível com a manutenção dos preços de milho e farelo de soja em valores compatíveis com a realidade da produção de suínos do Brasil, ponto crucial para a sobrevivência de centenas de suinocultores em todo o país”, comentou o presidente da ABCS, Marcelo Lopes.

Para o Secretário de Política Agrícola do MAPA, Neri Geller, que esteve presente na audiência “a suinocultura merece atenção”. “Vamos auxiliar o setor a concretizar todos os projetos e pedidos que foram entregues hoje a deputados e ao próprio Ministro. Sabe-se que o milho por enquanto é um dos mais graves entraves para o crescimento e sustentabilidade do setor, então o governo pretende criar políticas que facilitem a aquisição deste produto pelos suinocultores”, comentou.

Durante a audiência, o ministro Mendes Ribeiro afirmou estar ao lado do produtor de suínos em 2013. “Se no ano passado conseguimos viabilizar o milho para o produtor é porque vocês estiveram aqui, nos alertaram. Para esse ano já podemos antever essa situação e nos precaver, disponibilizando mais milho para os suinocultores”, afirmou. No encontro o conselheiro financeiro da ABCS, José Arnaldo, ressaltou que a exportação de milho que em 2012 chegou a 21 milhões de toneladas e apenas em janeiro deste ano apresentou volume acima de 3 milhões de toneladas. “Se continuarmos nesse ritmo não irá sobrar milho para o mercado interno. Suinocultores e avicultores mais uma vez vão amargar uma crise de grãos”, destacou o conselheiro que também é vice-presidente da Associação dos Suinocultores de Estado de Minas Gerais (ASEMG). Sobre o assunto, o ministro disse estar atento e que alertará os responsáveis por esse setor sobre as necessidades do produto às cadeias de suínos e aves.

“Muitos dos suinocultores ainda não saíram da crise, pois não têm como pagar as dívidas de mais de um ano de instabilidades, por isso, um dos principais projetos para o setor a ser trabalhado em 2013 é aumentar o limite de crédito e renegociar as dívidas. Vamos lutar pelos projetos e fazer valer a vontade dos suinocultores brasileiros”, comentou o Deputado Federal, Valdir Colatto –, que também é vice-presidente da Frente Parlamentar Mista da Suinocultura –, reforçando a necessidade da prorrogação das dívidas juntos aos bancos, medida solicitada também no documento entregue pela ABCS.

Ao final da audiência, o Ministro afirmou que marcará com brevidade encontros no Ministério da Fazenda para que as propostas sejam apresentadas e cobrará do setor de Política Agrícola medidas para que o suinocultor não enfrente nova crise por conta da escassez e alta dos grãos.

Por:
Ana Paula Pereira + ABCS
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário