DA REDAÇÃO: Produtores colhem 33 sacas/ha de soja em Fátima do Sul (MS); milho safrinha tem bom desenvolvimento

Publicado em 08/03/2013 11:36 e atualizado em 08/03/2013 13:04
657 exibições
Safra 2012/13: Estiagem derruba produtividade da soja para média de 33 sacas/hectare em Fátima do Sul (MS). Saca balcão é negociada em torno dos R$50. Excesso de chuvas atrasou plantio do milho, mas lavouras têm bom desenvolvimento no município.
Por conta da estiagem, que chegou a durar 50 dias em algumas regiões do Mato Grosso do Sul, o município de Fátima do Sul (MS) teve a produtividade da soja prejudicada, ficando a média em torno de 33 sacas/ha. No entanto, alguns produtores chegaram a colher abaixo da média, cerca de 15 a 18 sacas/ha, precisando acionar o Proagro.

Segundo Roberto Vasconcelos, presidente do Sindicato Rural de Fátima do Sul, o preço da saca balcão gira em torno de R$50, enquanto, no início da temporada, os preços giravam em torno de R$54. "Felizmente o preço não caiu muito, essa média de R$50 a R$52 está mantendo", aponta Vasconcelos.

Agora a esperança é o plantio do milho safrinha, que apesar de ter tido um atraso por conta do excesso de chuvas, tem um bom desenvolvimento. O clima se mostra com chuvas isoladas na região, mas Vasconcelos destaca que a expectativa é de volume maior de precipitações.
O produtor aguarda também por uma melhora nos preços do milho para fazer suas negociações. Alguns produtores fizeram a troca de insumos em uma faixa de R$20 a R$22, mas, no ano passado, a comercialização foi feita a R$25 a saca.

Vasconcelos só alerta também para que os produtores tomem cuidado com os casos de ataque de percevejo nas lavouras. Apesar de esta situação já estar controlada, é importante fazer o manejo correto para que a produção não encontre problemas.

Por: Ana Paula Pereira e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário