Expectativa para a segunda safra do milho é positiva

Publicado em 20/03/2013 10:41 e atualizado em 20/03/2013 19:37
574 exibições
Safra 2012/13: Chuvas favorecem desenvolvimento do milho safrinha em Sorriso (MT), após deixarem prejuízos médios de 12% na soja verão. Frete de R$20 por saca de milho até Paranaguá diminui oferta do cereal. Soja também apresenta recuo nas cotações, mas ainda opera com preços bons na média histórica em torno de R$40/saca.
O município de Sorriso (MT) plantou 420 mil hectares de milho safrinha nesta safra, algo em torno de 70% da área total, afirma o presidente do Sindicato Rural do município, Laércio Pedro Lenz. E, se as chuvas continuarem colaborando a expectativa é que a segunda safra seja positiva tanto em qualidade como em quantidade.

Por outro lado, a chuva prejudicou o final da colheita da soja e fez a produtividade recuar 12% em relação ao ano passado. Segundo Lenz, isso é conseqüência das condições climáticas de dezembro e janeiro  e também, por conta da mosca branca que mesmo com a aplicação intensa de inseticida não foi possível controlar. 

O presidente afirma que o estado do MT aumentou sua produção de soja em 800 mil hectares, mas agora esbarra com problemas logísticos. Sem vantagens pra negociar o grão nesse momento, o produtor se vê obrigado a reter o produto para não sair no prejuízo.  O milho é um exemplo disso, vem sendo negociado em Sorriso (MT)  por R$ 17,00/saca, porém possui o frete de R$ 20,00 por saca até o porto e assim, torna-se inviável para a exportação.

O produtor não deve parar de produzir, tem que continuar investindo. Pode ser que a nossa insistência faça o governo melhor a infraestrutura do país, acredita o presidente.
Por: Ana Paula Pereira e Ana Paula Bastos
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário