DA REDAÇÃO: Milho – Clima favorável para safra dos EUA e safrinha brasileira pode pressionar negativamente os preços do cereal

Publicado em 26/03/2013 13:36 e atualizado em 26/03/2013 17:46
460 exibições
Milho: Preços do cereal podem ficar mais baratos caso o clima seja favorável para a produção norte-americana e para a safrinha brasileira. Grão poderá ser negociado a US$ 4,80/bushel no mercado internacional e entre R$ 22,00 e R$ 23,00 nos portos do Brasil.
O clima favorável para o plantio e desenvolvimento da safra norte-americana, assim como, para a safrinha brasileira podem exercer pressão negativa nos preços futuros do milho. Segundo o consulto de agronegócio, Ênio Fernandes, os EUA devolverão cerca de 100 milhões de toneladas que deixaram de entrar no mercado em 2012, em função dos problemas climáticos.

E o Brasil tendo outra safrinha volumosa, o que irá entupir os nossos portos, pois até agora comercializamos pouco. E vamos concentrar a venda do milho próxima dos embarques, e teremos problemas de frete e problemas de portos casando com a entrega da soja que está sendo vendida agora, explica Fernandes.

Diante desse cenário, o consultor destaca que a alternativa para os produtores rurais é fazer vendas escalonadas e travar os lucros. Assim ele terá uma plataforma de vendas, e as chances de errar são menores. Caso o clima for favorável, os preços em Chicago poderão chegar a US$ 4,80/bushel no contrato setembro, o que daria cerca de R$ 22,00 e R$ 23,00 nos portos, diz Fernandes.
Por Kellen Severo/ Fernanda Custódio
Fonte Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Josino da Veiga Antunes cristalina - GO

    Boa Tarde, Concordo com a analise do meu amigo Enio, aqui na nossa região, a Safrinha esta tendo um bom desenvolvimento e o clima esta favoravel, mas ainda temos que aguardar pois estamos na metade do caminho até a colheita. e os EUA ainda não começaram a plantar eles tem tudo pela frente, por enquanto é só especulação. mas se os numeros da nossa safrinha se confirmar e os Americanos conseguir colher o que se esta projetando os niveis de preços serão bem abaixo em relaçao ao que se trabalhou na safra passada.

    0