DA REDAÇÃO: 600 produtores devem se reunir na fazenda Furnas da Estrela (MS) para resistir as invasões indígenas

Publicado em 05/06/2013 18:20 e atualizado em 05/06/2013 20:12 1561 exibições
Produtores de todo o Mato Grosso do Sul se reúnem na Fazenda Furna da Estrela e pedem fim da impunidade e respeito às leis brasileiras. Bancos têm negado financiamentos no município pela insegurança jurídica. Agricultores devem entrar em área invadida por índios para proteger o gado.

A fazenda Furnas da Estrela, em Sidrolândia (MS), é a única da região que ainda resiste a invasão dos índios Terena. A expectativa é de que cerca de 600 produtores rurais de municípios vizinhos se reúnam na fazenda em uma mobilização de resistência as invasões.

O objetivo do movimento é mostrar a sociedade que a situação no MS não é um caso isolado e também mostrar a revolta dos produtores. “Chegamos a um ponto em que estamos acuados porque só cedemos esperando uma posição da justiça, mas o estado democrático de direito não está sendo cumprido”, diz Haroldo Corrêa Jr., proprietário da fazenda Furnas da Estrela.

Haroldo afirma ainda que, se possível, os produtores irão retomar as fazendas, entrando nas propriedades invadidas para proteger o gado e aguardar uma ação da justiça. Os produtores rurais já ganharam em duas instâncias a retirada dos índios da fazenda e nada foi feito. “Nós não vamos deixar mais invasões acontecerem e as áreas que já estão invadidas nós vamos pegar de volta”, diz Haroldo.

A situação das aldeias no MS sempre foi pacífica e as fazendas não têm nenhum problema agrário, a maior dificuldade nesse momento é que a ordem judicial está sendo ignorada pelos indígenas. Os produtores não conseguem realizar nenhuma movimentação nas produções da fazenda devido as invasões, no entanto, segundo Haroldo, eles estão se reunindo para fazer cumprir as leis.

Nesta quarta-feira terminaria o prazo de 48h para reintegração de posse da fazenda Buriti, porém, mais uma vez, a decisão judicial não foi cumprida. “Ninguém acredita mais em lei, só o exército para conseguir solucionar esse problema porque a situação está incontrolável e o culpado de tudo é o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que não estabelece a ordem” completa Haroldo.

O clima na região de Sidrolândia continua muito tenso. 5 fazendas já foram invadidas, queimadas e saqueadas e não há ninguém no local para proteger os produtores rurais. 250 pessoas devem se reunir na fazenda Furnas da Estrela esta noite para decidir que atitudes tomar daqui para frente.

 

Para conferir vídeos relacionados clique aqui.

Por:
Aleksander Horta e Paula Rocha
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Edison tarcisio holz Terra Roxa - PR

    porsão de doce neles é o que a funai esta querendo junto com ministro da injustiça

    0