DA REDAÇÃO: Previsão de geada negra no Paraná não deve se confirmar

Publicado em 24/07/2013 13:12 e atualizado em 24/07/2013 15:34
445 exibições
Possibilidade de geada negra está, praticamente, descartada para o Paraná nos próximos dias. Isso acontece uma vez que, apesar das baixas temperaturas, os ventos muito frios não são mais registrados. Onda de frio contribui também para redução das pragas nas lavouras, beneficiando a produção da próxima temporada.

O frio no estado do Paraná (PR) trouxe a previsão de um fenômeno chamado de geada negra, uma geada acompanhada de ventos fortes que traz muito prejuízo às lavouras, uma vez que congela a seiva das plantas.

No entanto, de acordo com o Vice-presidente do Sindicato Rural de Toledo (PR), Vitorino Rigo, a geada negra não deve acontecer: “O frio foi bastante intenso nesta madrugada, mas não foi acompanhado também do vento frio, que congela tudo devido às baixas temperaturas”.

Por outro lado, o frio pode ser benéfico para afastar as pragas. Na região de Toledo, há a presença dos percevejos, que, em condições climáticas amenas, se multiplicam durante o ano inteiro. Porém, com o frio, o ciclo de reprodução do percevejo é interrompido, favorecendo as lavouras na próxima safra.

Por: Kellen Severo, Cristiane Viegas e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário