DA REDAÇÃO: Trigo – Perdas podem chegar a 100% nas lavouras atingidas pelas geadas no Oeste do PR

Publicado em 25/07/2013 13:12 e atualizado em 25/07/2013 14:50
442 exibições
Clima: Lavouras de trigo de Toledo (PR) foram afetadas por condição climática adversa, com um frio de grande intensidade. Geada de gelo cortou a seiva da planta, causando 100% de perda do trigo, que não possui seguro. Para outras culturas, como a uva, frio foi providencial. Com a queima das pastagens, produção de leite também será reduzida.

As geadas de forte intensidade que atingiram importantes regiões produtoras no Paraná causaram prejuízos aos produtores de trigo. A parte Oeste do estado foi a mais comprometida, mas em outros estados como Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e São Paulo as áreas de produção agrícola também foram afetadas.

O vice-presidente do Sindicato Rural de Toledo (PR), Vitorino Rigo, explica que na região do município as perdas podem chegar a 100%. Não foi registrada a geada negra, mas o presidente explica que a geada de gelo cortou a seiva da planta.

“Frio corta a passagem da seiva para espiga, que é onde faz a produção do grão. A parte de cima fica na planta, no entanto, fica isolada. E não temos seguro”, afirma o vice-presidente.

Do mesmo modo, as pastagens também foram afetadas pelas geadas e, com isso, a expectativa é que haja uma diminuição na produção de leite da localidade. Já as lavouras de milho, não devem ser tão impactadas pelo evento climático, uma vez que grande parte das plantações a maturação já estava concluída.

Em contrapartida, as temperaturas mais baixas tem sido benéficas para algumas culturas como é o caso da uva. Ainda de acordo com o vice-presidente do sindicato, a uva precisa de um período de dormência para acumular energias e produzir melhor na safra seguinte.

Por: João Batista Olivi/Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário