DA REDAÇÃO: Importação de bananas do Equador pode prejudicar setor no Brasil

Publicado em 26/07/2013 13:54 e atualizado em 26/07/2013 18:20
837 exibições
Banana: Produção de banana no Brasil só fica atrás da Índia e da China, mas Equador quer vender banana para o país, apesar de produção ser suficiente para atender o mercado interno. Negociações assustam produtores desde 2005. Importação da fruta deve fazer preços caírem e diminuir o número de empregos do setor. Com entrada da banana do equador, condições podem ficar caóticas no Vale do Ribeira, em SP, principal ponto produtor.

O cultivo de banana movimenta mais de 10 bilhões de reais no Brasil, com uma produção de 7,5 milhões de toneladas por ano. Em quantidade, o país fica atrás somente da Índia e da China. No entanto, o Equador quer vender banana para o Brasil apesar da produção interna ser suficiente para abastecer o mercado brasileiro e até para exportar a fruta.

As negociações entre os dois países acontecem desde 2005 e, com isso, o Conselheiro Jurídico da Associação dos Bananicultores do Vale do Ribeira (SP), Sileno Fogaça, já teve contato com os últimos 3 ministros da agricultura: “Em uma reunião que aconteceu em abril deste ano com o atual Ministro da Agricultura nós ficamos muito surpresos com o posicionamento de Antonio Andrade, que afirmou que por pressão do governo federal eles teriam que abrir o mercado as importações de banana do Equador”.

O Vale do Ribeira é a principal região produtora do país. O produtor rural, José de Paula Teixeira, que produz banana nanica em uma área de 25 hectares, acredita que a importação da fruta irá fazer os preços caírem e reduzirá o número de empregos do setor: “Hoje nós empregamos 1 funcionário por hectare de bananal e, no momento em que entrar banana do Equador, nós não vamos ter condições de continuar com esses funcionários, aumentando muito o desemprego na região”.

A Confederação Nacional dos Bananicultores já estuda entrar com uma ação na justiça para impedir a importação. Um dos argumentos é a proteção fitossanitária do país, uma vez que com a importação de bananas do Equador podem vir fungos resistentes aos defensivos usualmente utilizados pelos produtores brasileiros. Com isso, os bananicultores teriam que aplicar maior quantidade de fungicidas, aumentando os custos de produção e com a possibilidade de contaminar os frutos e todo o ambiente.

Por: Kellen Severo, Roberta Silveira e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário