DA REDAÇÃO: Em Barreiras (BA), proprietários de fazendas invadidas pelo MST não encontram solução junto ao governo

Publicado em 31/07/2013 13:17 e atualizado em 31/07/2013 18:40
509 exibições
Em Barreiras, na (BA), fazendas foram invadidas pelo Movimento dos Sem Terra (MST). Produtores enfrentam problema há mais de 2 anos e Incra não procura solução para a situação. Juiz já decretou a reintegração de posse, mas ainda não foi feita. Produtor diz que é preciso chegar a um acordo, mas que nada acontece.

Em Barreiras (BA), fazendas foram invadidas por cerca de 800 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). Produtores enfrentam esse problema há 2 anos e Incra não procura solução.

O produtor rural, Paulo Roberto Haehner, afirma que existem muitas conversas, mas nenhuma solução na prática e, enquanto isso, os produtores não conseguem pagar as suas contas, uma vez que os bancos não aceitam áreas invadidas como garantia de financiamento e, em breve, eles não terão mais créditos.

Foi decretada a reintegração de posse na justiça, mas os integrantes do MST não foram retirados do local. Paulo diz que as associações as quais eles são associados pedem calma para se chegar a um acordo: “Nós queremos um acordo para acertar a situação junto ao governo, mas o tempo está passando e nada acontece. Hoje os valores se inverteram e o que é errado está certo, mas nós vamos continuar batalhando”.

 

 

Paulo Roberto Haehner

 

Paulo Roberto Haehner 2

 

Por: João Batista Olivi e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário