DA REDAÇÃO: Medidas de apoio à citricultura chegaram tarde demais para muitos produtores

Publicado em 02/08/2013 13:09 e atualizado em 02/08/2013 17:20
333 exibições
Citricultura: Produtores de laranja conseguiram garantir o pagamento de subvenção, que havia sido feita no ano passado ao Governo. Citricultores também fizeram reivindicações para o refinanciamento de dívidas e para a liberação de crédito a fim de poder erradicar os pomares improdutivos. Produtores fizeram manifestação em Brasília antes do anúncio.

Nesta última quinta-feira (1), o governo anunciou medidas para apoiar os citricultores. Há 2 anos os preços da laranja estão baixos e desde maio do ano passado o setor já vinha pedindo apoio ao governo, como a renegociação das dívidas e medidas que auxiliassem os preços. No entanto, para muitos produtores esses recursos chegaram tarde demais, já que cerca de 2 mil propriedades deixaram a atividade ao longo dos últimos 2 anos.

“Na região central do estado de São Paulo (SP) existe o cinturão produtor de laranja, onde há comércios, municípios e empresas, que giram em torno da laranja, e com a falta de políticas do governo, a atividade está acabando”, afirma Frauzo Ruiz Sanches, Presidente do Sindicato Rural de Ibitinga e Tabatinga.

Muitos citricultores que abandonaram a atividade migraram para a cana-de-açúcar e uma grande maioria não está produzindo e sim fazendo arrendamentos para tentar conseguir recursos adiantados de alguns anos de arrendamento com o objetivo de pagar as dívidas da laranja.

Entre as medidas anunciadas pelo governo, a mais importante para os produtores foi o pagamento dos leilões de Pepro que, desde o ano passado, não foi recebido.

Por: João Batista Olivi e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário