DA REDAÇÃO: MT - Colheita atinge 95% e milho safrinha permanece a céu aberto no estado

Publicado em 19/08/2013 13:31 e atualizado em 19/08/2013 16:12
609 exibições
Montanhas de milho permanecem a céu aberto no MT. Sociedade brasileira precisa definir o que deseja para seu futuro, pois a falta de portos e estradas pode estrangular nosso desenvolvimento. Exportação pelos portos do Norte do país é a melhor alternativa para o escoamento de grãos.

No MT, a colheita do milho safrinha já alcança 95% da área cultivada. A expectativa é que os produtores rurais colham, nesta safra, cerca de 19 milhões de toneladas do cereal. E com a falta de infraestrutura logística, montanhas de milho permanecem a céu aberto no estado.

Segundo o presidente da Aprosoja-MT, Carlos Fávaro, a situação logística precisa de uma solução urgente e a discussão precisa ser levada à sociedade brasileira. “A exportação pelos portos do Norte do país é a melhor alternativa para o escoamento de grãos”, ressalta Fávaro.

Por outro lado, o presidente também destaca a importância dos leilões de Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor) para o escoamento da safra mato-grossense. Até o momento, em torno de 10 milhões de toneladas de milho já foram negociadas através dos leilões. 

“Se não fosse o apoio à comercialização, certamente o caos seria gigantesco. Mas precisamos exportar pelos portos do Norte do país, para ganharmos competitividade”, ratifica o presidente da Aprosoja-MT. 

Aprosoja-MT – A entidade construiu uma ala no Hospital de Câncer em Cuiabá (MT) e com o novo espaço, o hospital poderá triplicar os atendimentos. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 2 milhões para a obra. 

 

Por: João Batista Olivi/Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário