DA REDAÇÃO: Soja encerra em alta na Bolsa de Chicago com fundos realizando compras

Publicado em 19/08/2013 17:09 e atualizado em 19/08/2013 19:35
1271 exibições
Soja: chuvas não confirmadas no último final de semana e compras pesadas dos fundos, cerca de 15 mil contratos só nesta segunda-feira(19), ajudam mercado a retomar patamar dos US$13,00/bushel em Chicago. Cotações têm espaço para subir um pouco mais.

Nesta segunda-feira (19), a soja encerrou com cerca de 40 pontos de alta nos principais vencimentos da Bolsa de Chicago. O milho também encerrou em alta, com ganhos de mais de 20 pontos.

De acordo com o analista de mercado, Daniel D Avila, o mercado vem subindo desde a divulgação do último relatório do USDA, no qual se reduziu um pouco a área e a produtividade da soja nos EUA. O mercado também esperava chuvas neste final de semana, o que não aconteceu, com isso os fundos realizam compras, adicionando prêmio de clima no mercado. O milho também subiu com as compras por parte dos fundos, o que deixa o mercado forte.

“Se os fundos continuarem comprando os preços podem subir mais, o contrato novembro, por exemplo, ainda tem condições de subir mais, mas é difícil saber até onde os fundos vão comprar ou realizar. As condições climáticas indicam um clima mais seco até o fim do mês, mas se houver alguma chuva o prêmio climático pode ser removido dos preços”, afirma Daniel.

A combinação das cotações em Chicago com a valorização do dólar proporciona um cenário favorável para os produtores brasileiros nesse momento. O analista recomenda aos agricultores que vendam em escala tanto a soja da safra velha, quanto da nova, para já realizar algum lucro.

Por outro lado, a situação do milho é diferente, uma vez que mesmo se os EUA tiver algum problema na sua safra, isso não deve impactar o estoque mundial. A região do mar negro está oferecendo bastante milho, assim como o Brasil, com isso Daniel aconselha os produtores brasileiros que vendam se houver negócios.

Por: Aleksander Horta e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário