DA REDAÇÃO: Chuva ajuda a recuperar mananciais para a produção de arroz

Publicado em 26/08/2013 13:07 e atualizado em 26/08/2013 16:59
312 exibições
Expointer: Presidente do Irga diz que chuvas no Rio Grande do Sul não atrapalham a produção de arroz, e sim, ajudam a recuperar os mananciais. Mas se chuva entrar setembro adentro, começará a trazer problemas para o início do plantio. Ele fala também sobre a rotação de culturas com o arroz e destaca a soja e a pastagem como algumas produções viáveis para a rotação.

A chuva está mudando a programação da feira Expointer, realizada em Porto Alegre, onde algumas atrações precisaram ser canceladas. Porém, esta mesma chuva está fazendo muito bem à cultura do arroz, de acordo com Cláudio Pereira, presidente do IRGA (Instituto Riograndense do Arroz), que participa da feira. “Por enquanto a chuva não está atrapalhando, pelo contrário, ela ajuda a terminar de recuperar os mananciais. Hoje, estamos a 93% da necessidade para uma área de 1,100 milhão de hectares que queremos plantar, alguns locais isolados é que têm algum problema, como na parte litorânea da região sul”. Pereira explica, no entanto, que se a chuva continuar até meados de setembro, ela pode começar a trazer problemas para o início do plantio.

Rotação de culturas com arroz
Sobre as rotações de culturas com o arroz, uma que está se adaptando melhor e avançou muito nos últimos anos é a soja, que está com um preço bom, segundo Pereira. Com ela, está vindo a pastagem, e estamos fazendo a integração de lavoura e pecuária. “O IRGA está pesquisando intensamente os sistemas de plantio. Desenvolvemos uma máquina de plantar em camaleões, que é para defender a cultura do encharcamento, que é próprio da várzea, e também nos permitirá a irrigação. A partir daí poderemos produzir milho”.      

Por: João Batista e Fernanda Bellei
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário